02 February 2011

Amo-te com todas as forças.

É difícil dizer-te o quanto te amo, o quanto fazia por ti. Quero que sejas meu para sempre, quero que sejas o pai do Baltazar e da Blimunda, quero que saibas que nunca te vou abandonar. Sempre que estiveres mal eu vou lá estar, sempre que estiveres bem eu vou lá estar para te fazer ainda mais feliz. Não te quero perder, quero o nosso para sempre, o para sempre de que tanto falamos. Amo-te como nunca amei ninguém, amo-te como nunca ninguém te vai amar. Eu sei que errei, sou humana, ninguém é perfeito, não merecias, e por isso pedi desculpa. Nunca mais te vou magoar, não desta forma, e quero que acredites nisso apesar de agora saber que é difícil. Quero a tua confiança de volta, quero ter a certeza que do dia para a noite não te perco, és demasiado importante. Acredita que és a pessoa mais importante da minha vida, és quem eu preciso para ser feliz, quem eu preciso para respirar. Sem ti perco a vontade de viver, a vontade de caminhar, a vontade de existir, de ser quem sou, porque és tu que me tornaste em quem sou. Foste tu que me fizeste crescer, tu que me fizeste ver as coisas com mais calma, tu que me fizeste perceber que por mais que tenha sido magoada tenho de viver e amar como se isso nunca tivesse acontecido. Fizeste-me voltar a acreditar no para sempre, e numa vida a dois com que sempre sonhei. Quero essa vida contigo, quero chegar a casa e saber que tenho o homem dos meus sonhos à minha espera, saber que tenho a pessoa que mais me ama à minha espera, para me agarrar, me beijar e me contar como foi o dia. Quero essa vida contigo. Quero tudo contigo. Quero que acredites, como eu depois de tudo o que passei voltei a acreditar no para sempre, porque foi assim que me ensinaste. Ensinaste-me a ser feliz. Já não sabia como era... Ser realmente feliz sabes? Sorrir sem ser por ser bonito. Sorrir porque quero e o sinto. Devolveste-me algo que há muito não tinha e não sentia. E hoje o meu sorriso feliz ou infelizmente depende de ti. Amo-te acima de tudo e de todos e acredita quando digo que dava a vida por ti. Podes não acreditar em nada no que te digo, mas precisas de saber. Preciso de te mostrar todos e cada dia que és mais e mais importante do que alguma vez esperei. E sim, em apenas três meses cresceste em mim como nunca ninguém cresceu. Agora, és o meu orgulho, o meu mais que tudo, aquele que me dá o orgulho de andar de mão dada com ele e poder dizer: "este é o meu namorado, o rapaz mais perfeito que eu conheço". Não quero perder isto, não quero perder nada. Vou fazer tudo por tudo para que isso não aconteça. Enquanto conseguir amar, o meu coração vai pertencer-te. Enquanto eu conseguir andar, é na tua direcção que vou. Enquanto conseguir falar o meu "amo-te" é teu. Enquanto conseguir abraçar, fico nos teus braços. E enquanto não morrer, estou a teu lado. Acreditas no para sempre? Acredita, porque é isso que quero de ti:
Amor eterno.

2 comments:

Diogo said...

Amo-te gorda lamechas @

inês said...

LINDO!